domingo, 19 de setembro de 2010

Professor Roberto Felício- 13400

Deputado Estadual

Aos amigos(as) colegas professores:

Gostaria que fizessem muita reflexão no dia da votação, em 3 de outubro.

Solicito seu voto nos colegas também professores, Roberto Felício e Carlos Ramires.

Pelo compromisso e suas lutas históricas em defesa da Escola pública, nossa carreira e melhoria da Educação Pública.

Peço seu voto!




Professor da rede estadual, Roberto Felício iniciou sua trajetória política nos movimentos sindical e partidário. Participou da fundação do Partido dos Trabalhadores (PT) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Foi presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (1989 a 1993) e da Apeoesp por duas gestões (de 1993 a 1999).

Eleito em 2002 com 54.018 votos pautou seu primeiro mandato pela defesa da educação, do funcionalismo público e pelo desenvolvimento regional de Piracicaba, onde reside.

É autor de 41 projetos de lei, entre eles o que garante fornecimento de merenda escolar com no mínimo 1/3 das necessidades nutricionais diárias, e o que limita o número de alunos em sala de aula. Também é de sua autoria a lei que tornou obrigatória nas escolas a crítica contra todas as formas de violência, discriminação e preconceito, e ainda atuou destacadamente na implantação da data-base para o funcionalismo público.
Em 2006, Roberto Felício é reeleito com 59.227 votos em Piracicaba, São Paulo e outros 462 municípios.


Reeleito para a presidência da Comissão de Educação, manteve a representação da Assembléia no Conselho Curador da Fundação Padre Anchieta e no Conselho Superior de Responsabilidade Social da FIESP.

Em março de 2008 Roberto Felício é eleito líder da Bancada do PT na Assembléia Legislativa. Também é membro suplente da Comissão de Administração Pública e coordena as frentes parlamentares pela Reforma Política com Participação Popular, em Defesa do IAMSPE e é o proponente das frentes parlamentares de Políticas Públicas para a Juventude e em Defesa do Funcionalismo.

Carlos Ramiro de Castro
DEPUTADO FEDERAL pelo PT – 1333.
Professor de Ciências e Biologia da rede estadual de ensino desde 1971, Carlos Ramiro de Castro foi eleito presidente do Sindicato Estadual dos Professores, a APEOESP, em 2002, reelegendo-se em 2005. Está na entidade desde 1978 e, no ano seguinte, ingressou como professor efetivo da Escola Estadual Salvador Moya, no Jabaquara, Zona Sul da cidade de São Paulo. O professor Carlos Ramiro também lecionou no município de Peruíbe.

Antes de ser presidente da APEOESP, Castro foi secretário geral de Organização e também de Organização do Interior na APEOESP. Em 1985, o professor ingressou no PT. Ainda como sindicalista, entre 1997 e 2000, Castro ocupou o cargo de secretário geral da CUT no estado de São Paulo. Em 2000 exerceu o cargo, também na CUT estadual, de secretário de Política Sindical.

Atualmente, ocupa o cargo de vice-presidente da Central em São Paulo e coordena o Conselho de Administração e Política de Pessoal do Estado de São Paulo. Carlos Ramiro é suplente do senador Eduardo Suplicy e candidato à DEPUTADO FEDERAL pelo PT – 1333.


E o voto em toda legenda do PT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários sobre os temas abordados. Solicito que as discussões sejam de alto nível. Postagens ofensivas e com termos chulos, serão deletados